miércoles, julio 29, 2009

Aquí mi travesía


....y comienza a "dejarse" ver....
.
.
.

. . .



.
.
.


Quando você foi embora
Fez-se noite o meu viver
Forte eu sou mas não tem jeito
Hoje eu tenho que chorar
Minha casas não é minha
E nem é meu este lugar
Estou só e não existo
Muito tenho pra falar

Solto a voz nas estradas
Já não quero parar
Meu caminho é de pedras
Como posso sonhar
Sonho é feito de brisa
Vento vem terminar
Vou fechar o meu pranto
Vou querer me matar

Vou seguindo pela vida
Me esquecendo de você
Eu não quero mais a morte
Tenho muito que viver
Vou querer amar de novo
E se não der não vou sofrer
Já não sonho
Hoje faço com meu braço o meu viver

Solto a voz nas estradas
Já não quero parar
Meu caminho é de pedras
Como posso sonhar
Sonho é feito de brisa
Vento vem terminar
Vou fechar o meu pranto
Vou querer me matar

Milton Nascimento - Fernando Brant













Via : foto Everett Garrison / video Bkork María Cincunegui / video Elis Sergio j. Guelerman y mi emoción viva y humana este fin de semana

.
.
..

.
.

3 comentarios:

mariana cincunegui dijo...

que suerte!!!!!! ,nos gustan las mismas figuritas !! nutrirse,compartir y seguir !!
bsos!! marian
la foto es hermosiiisima !!!

ceci dijo...

qué lindooooo! Gracias!

m.l dijo...

que bella bjork...! ese temazo en su voz.....ufff divino gracias