sábado, diciembre 24, 2011

Cumpleaños y RE nacimiento

.
.

A mi querida paciencia...



.
.





Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
A vida não para...

Enquanto o tempo
Acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora
Vou na valsa
A vida é tão rara...

Enquanto todo mundo
Espera a cura do mal
E a loucura finge
Que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência...

O mundo vai girando
Cada vez mais veloz
A gente espera do mundo
E o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência...

Será que é tempo
Que lhe falta para perceber?
Será que temos esse tempo
Para perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para
A vida não para não...

Será que é tempo
Que lhe falta para perceber?
Será que temos esse tempo
Para perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para
A vida não para...

A vida não para...








foto paula cáceres



canción de lenine "paciencia"







...cuando la paciencia no es "resistir",

porque la paciencia da Nueva energía

la fuerza para entregarse mas

...la energía necesaria para soltar mas

...y dar mas

mucha alegría y valor

mucha confianza y vital cambio

...¡ Renacimiento a la Fortaleza que da la Alegría Cada de cada momento compartido !






2 comentarios:

Angela dijo...

querida Marini,

Felicidades por amar a la paciencia (y a la incertidumbre, sospecho que también). Que tengas un año lleno de nuevas sorpresas, pequeñas, de esas que solo las almas como TÚ pueden ver! Beso en la mejilla y Feliz 2012!

Mariní dijo...

Q buen deseo querida Angela, si, la incertidumbre es lo mas fuerte en esta vida, a mi experiencia por lo menos!
Almas compañeras de blog, de la net, de la red... gracias y el feliz año que merecés para vos!
abrazo!